domingo, 7 de setembro de 2014

Adrenaline Mob - Men of Honor (2014)


Apresentando melodias mais grudentas e pouca evolução em relação ao seu debut, Omertá (2012), o Adrenaline Mob - agora sem um de seus pilares, o baterista Mike Portnoy - lançou recentemente Men of Honor, seu segundo trabalho de estúdio. Com uma sonoridade baseada no hard rock com doses homeopáticas do prog metal que elevou ao estrelato seus principais líderes, o vocalista Russell Allen e o já citado baterista, substituído aqui por AJ Pero (Twisted Sister), é perceptível que a banda ainda se destaca mais pela individualidade e qualidade técnica de seus integrantes do que pela soma do todo.

O disco até que começa empolgando com suas duas primeiras (e boas) músicas, que fazem um ouvinte menos atento como eu esperar por canções à altura daquilo que se imagina de músicos do quilate dos que compõem essa formação e daquilo que a banda nos apresenta a princípio. Porém, o caldo começa a desandar com a inclusão de um número excessivo de baladas açucaradas em seu tracklist e de clichês que, mesmo em canções mais aceleradas como “Feel the Adrenaline” e “House of Lies” parecem ter sido compostas no modo automático. 

Tudo isso aliado ao timbre de voz de Allen que, a meu ver, ainda soa melhor no estilo que ajudou a propagar com sua banda principal, o Symphony X. Sim, o cara é um dos grandes vocalistas de sua geração e sua qualidade técnica é inquestionável, mas definitivamente sua voz não se encaixa com a proposta e estilo do grupo em grande parte das onze músicas de Men of Honor.

Com três lançamentos, sendo um deles um disco de covers - Covertá (2013) - soa até estranho afirmar que este último ainda é o meu favorito em sua pequena discografia. Por isso, Men of Honor ainda fica devendo em qualidade e, se a banda realmente deseja ser considerada como tal e não como um projeto paralelo de seus integrantes nas horas vagas, o Adrenaline Mob precisa rever urgentemente seu direcionamento musical para um eventual terceiro e definitivo disco de inéditas. Ainda é tempo!

Musicas:
1 - Mob is Back
2 - Come On Get Up
3 - Dearly Departed
4 - Behind These Eyes
5 - Let It Go
6 - Feel the Adrenaline
7 - Men of Honor
8 - Crystal Clear
9 - House of Lies
10 - Judgment Day
11 - Fallin’ to Pieces
12 - Gets You Through the Night




Por Tiago Neves
(Texto originalmente publicado na seção Veredito Collectors Room em 09 de abril de 2014)