quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Mastodon - Once More 'Round the Sun (2014)


Cercado de grande expectativa por parte dos fãs, o mais novo lançamento de inéditas do Mastodon chegou ao mercado sem a necessidade de provar nada a ninguém. Sim, pois contando com uma discografia impecavelmente formada por trabalhos não menos que excelentes, o quarteto norte-americano decidiu apostar suas fichas em um disco mais acessível e diversificado no recém lançado Once More 'Round the Sun.

Realmente é difícil, muito difícil, definir em palavras as sensações que esse trabalho vêm causando até hoje sobre minha pessoa. E o hype em torno da banda não é de maneira alguma exacerbado. Desde a magnífica arte da capa, passando pela introdução acústica de “Tread Lightly” até a última canção (ironicamente começando com violões também) “Diamond in the Witch House”, esse quarteto norte americano vêm rompendo com todo e qualquer limite e/ou tentativa de denominação de seu estilo, se é que eles ainda podem se enquadrar em algum pré estabelecido. É metal acima de tudo, mas também é acessível em alguns momentos.

A variedade vai do peso oriundo da melhor escola “Iommiana” de riffs em seu primeiro single, “High Road”, passando pelo refrão marcante e de fácil assimilação na excelente “The Motherload”, além de uma forte influência progressiva que fica evidenciada em “Aunt Lisa”, com seus riffs principais copiados descaradamente de “XYZ”, do Rush. Destaque também para as melodias vocais contidas em todo o trabalho, em especial na atmosfera intergaláctica de “Asleep in the Deep”.

E sempre, em todas as suas 11 faixas, soando perfeitamente bem aos nossos ouvidos, com nuances e climas que transcendem ao que conhecemos e definimos popularmente como “boa música”. Até mesmo com os refrães a lá Avenged Sevenfold contidos na lição de auto-ajuda (ou seria uma mensagem de algum ser de outro plano espiritual propondo libertação do sofrimento terreno?) em formato de música na empolgante “The Motherload” mostram que a banda, apesar de apresentar poucas diferenças entre este trabalho eThe Hunter, seu disco anterior, consegue tornar e fazer tudo parecer parte de uma unidade coesa, as vezes sombria, e as vezes melódica.

Os solos de guitarra parecem mais presentes também, o que só vem a tornar mais prazerosa a audição para um apreciador dessa arte, como eu.  A verdade é que, tal qual um corpo celeste atraído pela lei da gravidade, eu não consigo parar de ouvir esse disco desde que o descobri, e já o coloco facilmente no meu top 10 do ano, com louvor! E dificilmente alguém os supera no restante deste período. Os Mastodontes atropelam mais uma vez, sem dó nem piedade!

Com tanta qualidade e uma inspiração ímpar no atual cenário da música pesada, tinha tudo pra dar certo. E deu. Muito mais do que um dos melhores lançamentos de junho, este trabalho já vai automaticamente para a minha lista dos melhores do ano fácil, fácil. Se você ainda não se deu o privilégio de apreciar este disco, não perca mais tempo. Aliás, porque não escutá-lo mais uma vez? Lá vou eu! 

Músicas:
1 - Tread Lightly
2 - The Motherload
3 - High Road
4 - Once More ‘Round The Sun
5 - Chimes At Midnight
6 - Asleep In The Deep
7 - Feast Your Eyes
8 - Aunt Lisa
9 - Ember City
10 - Halloween
11 - Diamond In The Witch House



Por Tiago Neves
(Compilação de textos publicados no site Collectors Room nos dias 02 e 16 de junho de 2014)